13 de maio de 2013

Leina Ziur se apresentando!


-Por Leina Ziur



Bom dia pessonhas! Meu nome é Daniela, mas podem me chamar de Leina, já que é assim que todo mundo me conhece nessas terras sem lei que são as interwebs. Tenho 25 anos e moro no Grande ABC, na região metropolitana de São Paulo. Comecei a minha transição há pouco menos de um ano e os hormônios há 2 meses e uns quebrados.


O Trans.parência já fez um post sobre mim um pouco antes de começar meu tratamento, com as minhas impressões da consulta com a Dra. Marcia Forster, e eu vivo tumultuando os posts da Mayra no Facebook, então alguns de vocês provavelmente já me conhecem.

Fui convidada a escrever no Trans.parência por que a Mayra estava com preguiça estava muito atarefada e precisava de alguém para ajudá-la com conteúdo, então me candidatei.

Escrevo também o meu diário pessoal no tumblr, o Leinadeez, onde eu descrevo e narro minhas aventuras e desventuras nessa mundo que fica um pouco mais doido quando você nasceu com o genital errado.

Eu tentarei fazer uma abordagem mais informal aos conteúdos do Trans.parência, mas não tão pessoal quanto faço no Leinadeez por razões óbvias: Um blog é informativo e o outro é pessoal. Vocês perceberão que, assim como cada trans no mundo vive de maneira diferente, eu abordo minha transição de maneira diferente à maneira da Mayra, então eu escreverei coisas diferentes também.

Estou disponível para tirar dúvidas até certa profundidade, visto que minha transição é recente e não tenho tanta experiência ou know-how pra virar uma guru no assunto, mas tentarei ajudar tanto quanto puder.

Regrinhas básicas óbvias:

- Respeito. Muito respeito, pois é com muito respeito e carinho que nós escrevemos para vocês.

- Veja se a sua pergunta já não foi respondida antes. Consulte a seção de perguntas frequentes ou utilize o mecanismo de busca.

- Eu não sou médica, sou programadora. Não esperem que eu saia receitando ou dando opiniões sobre tratamento X ou Y por que, mesmo se eu soubesse do que eu estou falando, eu não tenho permissão para isso. Procure um médico ou então consulte o Transgendercare e o Susan's place -por sua conta e risco.

Por fim, minhas informações de contato:

Facebook
Ask.fm

Beijos para todxs vocês, até mais!

-Leina Ziur