7 de junho de 2012

Agradecimentos à Dona Flávia

Acabaram-se as provas, pessoal. Assim sendo, voltarei a postar normalmente. E hoje começo pela última doação de roupas que recebi, no dia 19/05.

Vocês lembram da conversa que eu tive com uma amiga no Facebook, falando que primeiro ela criticou a Ariadna quando fez sua cirurgia facial, e que esse preconceito não tinha base e ela entendeu bem melhor quando aconteceu comigo? Ela se converteu de tal forma que saímos para bater papo e ela trouxe uma leva de roupa de uma amiga dela, que havia sido doada para mim quando minha história chegou a seus ouvidos. E o resultado eu mostro nas fotos a seguir.








A blusa laranja é perfeita. Confortável, fresquinha, e me sinto bonitinha com ela por disfarças os braços e mostrar a barriguinha. A calça jeans é uma faca de dois (le)gumes. Ela é confortável e acentua as formas das minhas pernas enquanto disfarça o tamanho dos pés. O problema é que, normalmente, a area entre as pernas fica parecendo uma periquita dividida. Ok, automaticamente as pessoas assumem que sou mulher, beleza. E no segundo seguinte assumem que eu sou piranha, né? Tem dia que estou puta da vida e nem me importo com isso, mas nao posso usá-la para ir trabalhar, por exemplo. Bom, eu acho que depende de onde eu for trabalhar... iuaheiuhaieuauhe

A blusa verde é uma daquelas peças que ainda estou criando coragem para usar. Com essa calça clara fica muito óbvia a minha falta de cintura e quadril, mas talvez combine melhor com as minhas outras calças, mais comportadas. Por ultimo, o vestidinho é super confortável mas acentua demais meus braços, então vai ficar para um dia frio que eu possa usar junto um casaquinho.

Agora vem a sessão "Eu acho que essa P%&$a tá muito curta".



Essa saia eu até tenho usado, e muito. Mas, sinceramente, é por falta de opção. Ela é bonita, e ficar com as pernas de fora tem a vantagem de ser MUITO fresquinho, o que é extremamente relevante em uma cidade como o Rio. Mas é MUITA gente olhando. E eu não sou exatamente a "senhorita postura" também, principalmente ao sentar. Resultado: ontem à noite minhas amigas estavam discutindo para ver quem havia conseguido distinguir a estampa da minha calcinha primeiro. Vê se pode?



Essa nem sair na rua dá. Minha namorada quase me matou quando viu essa foto. Mas a solução para ela está na próxima...



Essa é tao pequena que nem pra ficar parada em pé e tirar uma foto eu tive coragem. E tanto ela quanto a anterior, para usar na rua, só com uma legging mesmo. O que faz ainda mais sentido para mim se você lembrar que eu não posso usar leggings muito coladas devido... a um excesso de peças na linha de fabricação... se é que você me entende. Então eu junto a fome com a vontade de comer e pronto. Perde o atributo "fresquinho" das saias, mas ajuda a variar o guarda-roupas. Um ENORME "obrigado" para a senhorita Flávia, amiga da Jéssica =) Você ajudou enormemente a salvar meus looks nessa falta crônica de roupas para vestir.

Bom, por hoje é só. Ah, queria fazer um pedido: O dia dos namorados está chegando e eu não faço a mínima de onde levar a minha ou o que fazer com ela XD Por obséquio, quem tiver sugestões, mande-as POR E-MAIL para que eu possa analisá-las em sigilo. Em linhas gerais, um jantar em um local diferente com vistas bonitas ou comidas especiais pode ser interessante. E para o final de semana, gosto de passeio em lugares naturais, mas não conheço muito além do Jardim Botânico e do Parque Lage. Me ajudem. Please.

Beijos,
MayB