7 de maio de 2012

Ponto "Y", Porque ponto "G" é Muito Comum.

Esse post vai em homenagem a uma amiga muito especial que está aos pouquinhos me tirando a vergonha das vantagens específicas que tenho devido à minha peculiaridade genética. Porque não temos que ter vergonha do que temos de diferente, precisamos somente é aprender a utilizar essas idiossincrasias da forma mais benéfica possível. No caso do cromossomo Y, a força. Força física mesmo, não a dos Jedis.





Temos outras vantagens também sobre as ciswomen. Não engravidamos, não menstruamos, nossos ossos são mais resistentes, nossa disposição física maior. Se você vai ter vergonha disso, não sei. Só sei que *eu* cansei de ter.