18 de maio de 2012

P&R: "Como você modificou sua voz?"

Pergunta:

Oi May! Como vc está? Bom eu me chamo ****** e vi alguns vídeos sobre vc. Gostaria muito de saber mais sobre como vc conseguiu mudar a vóz, se vc poderia dar alguns tipps!? Seria muito grata! Bjs e fica com Deus.

*****

Resposta:

Nem eu sei. Hhaehhaehhaehe

Ok, brincadeira, eu tenho técnicas. Mas para ser honesta, me surpreendo até hoje com o fato de elas funcionarem. E são reversíveis de forma simples e fácil. Eu posso por exemplo cantar uma musica fazendo as duas vozes, mudando à cada frase. E acho isso uma diversão enorme.

Bom, para quem sabe ler em inglês, um site excelente para visitar é esse:

Susan's Place

Senão, uma busca de "feminização da voz" no google ajuda muito. Mas eu tenho técnicas básicas.

Passo 1: Se você falar um "aaaaaaaaaaaa" contínuo na sua voz comum, você repara que pode subir e descer o timbre de sua voz sem muitas dificuldades. Ponha uma mão no fim da sua garganta, próxima ao peito, e a outra abaixo do seu maxilar, perto do pescoço. Quanto mais aguda sua voz, mais forte a vibração sentida no maxilar. Quanto mais grave, maior a vibração na caixa torácica. Porque?

Sei lá. Tem uma explicação que a voz masculina se forma no peito e a feminina na cabeça. Isso é a forma de reverberação e formação dos sons. A chave é falar em uma voz que faça a sua cabeça vibrar, e não seu peito, ao mesmo tempo evitando que sua voz fique ridiculamente fina. Ou seja, é achar um tom razoavelmente macio mas não irreal.

Passo 2: Fique sem ar. Não poupe fôlego. Falar deixando escapar mais ar pela sua boca do que você está  acostumada ira ajudar a amaciar e "des-masculinizar" sua voz.

Passo 3: Mude seu vocabulário. Há mais do que simplesmente o tom da sua voz na impressão de gênero que você passa. Eu sei que tem meninas que xingam e ninguém se questiona se elas nasceram mulher, isso não importa. No nosso caso faz diferença. Eu também tenho vontade de soltar um CARALHO de vez em quando. Ao invés disso eu abaixo a cabeça e a apoio nas postas dos dedos de uma mão. Diz a mesma coisa, mas é bem mais feminino e educado.

Passo 4: Seja emotiva. As mulheres esboçam mais emoções durante seu discurso do que os homens. Por consequência, suas vozes variam de tom com mais frequência. Isso não significa falar "ai menina". Isso é algo que ouvimos comumente da boca de homens homossexuais, o discurso feminino com uma entonação masculina. Eu quero dizer o contrário. Você pode falar de forma séria, o importante é subir e descer a voz enquanto o faz.

Espero ter ajudado. Logo logo farei um vídeo sobre isso e a questão deve ficar melhor explicada. Por enquanto, espero ter ajudado na medida do possível.

Beijos,
MayB