7 de fevereiro de 2012

Calmaria Antes da Tempestade

Olá gente.

A partir de hoje esse espaço deixa de ser um manual de instruções e passa a ser um diário, com um pequeno porém. Quando o ***** me convidou para escrever minha história aqui eu comecei imediatamente a por as idéias no papel. No entanto, levou um tempo para que o blog estivesse programado e preparado. O resultado é um certo acúmulo de posts passados. Dessa forma, durante um tempo, eu iniciarei os posts com a data que foram escritos para que a linha do tempo fique melhor definida. Só não esqueçam que eventos e opiniões relatados podem ter mudado de lá para cá, hein. Como com qualquer mulher que se preze, um mês é uma infinidade.


31/12/12

Enquanto espero meia noite chegar, relato alguns pensamentos recentes. As primeiras mudanças físicas estão aparecendo. Minha namorada me falou sobre como meus mamilos estão grandes e como o gosto da minha saliva está suavizando. Durante o banho percebi que além de grandes os mamilos estão bem sensíveis. Os peitos, lentamente, vão se tornando mais pontudinhos. O rosto começa a mudar de formato, com a parte da boxexa grudada do lado dos lábios inchando um pouquinho.

A maior parte dos efeitos colaterais já acabou também. Minha pele, nos primeiros dias, ficava vermelha encostando em qq coisa, até com um abraço, e o pé inchava muito, de ter que deitar metade do dia para não incomodar muito. A chave é começar com doses menores, abaixo do recomendado, e aumentá-las lentamente cada vez que sentir seu corpo se comportando normalmente de novo, até chegar aonde você quiser. De "negativo", mas esperado, já ocorrem duas coisas. O fluxo sanguíneo do pênis diminuiu, tornando difícil uma ereção completa. E ficar magrinha está mais difícil... estou tendo que cortar bastante doce e progressivamente me acostumar mais com frutas e verduras, e olha que eu já como bem e me exercito. A vantagem é que essa readequação não foi tão complicada, já que meu gosto por esses alimentados tem aumentado.

Eu comecei a tomar os remédios todos dia 20, então não fazem nem duas semanas... incrível como funciona. Eu olho pra isso tudo, as vezes, e acho inacreditável. Tipo "Sério isso? Eu vou tomar umas pilulazinhas mágicas que vão mudar tudo, cortar meu corpo de 500 formas diferentes, inventar um nome, uma voz... Sério?". Dá um pouco de medo, um frio na barriga... mas também dá uma esperança profunda. Porque meu último pensamento sempre é "Sério mesmo? Finalmente eu vou ser feliz?"

Que venha 2012.